Para auxiliar as empresas na Prevenção de Contaminação e no Controle de Infecção por COVID-19, a G2 Medicina Diagnóstica preparou um checklist de boas práticas no combate à disseminação do Coronavírus. As práticas listadas seguem as recomendações da Organização Mundial da Saúde, Ministério da Saúde, Agência Nacional de Vigilância Sanitária e Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, estando de acordo “Medidas de Higiene Ambiental frente ao Coronavírus”.

  1. A empresa está sendo mantida em condições sanitárias e de higiene apropriadas, conforme o material “Medidas de Higiene Ambiental” ?
  2. A empresa mantém ações específicas para a prevenção e controle de pragas urbanas e vetores (roedores, animais peçonhentos, caramujos, insetos rasteiros e voadores)?
  3. As Instalações, mobiliários e equipamentos estão sendo mantidos em condições de higiene apropriadas?
  4. As higienizações são realizadas na frequência adequada e por funcionários capacitados garantindo a manutenção dessas condições e minimizando o risco de contaminação do ambiente?
  5. A limpeza e a desinfecção da empresa, instalações, mobiliários e equipamentos são registrados em formulário com data e horário?
  6. A área de alimentação (COPA) é higienizada com frequência que garanta a limpeza e desinfecção do local?
  7. Os produtos saneantes e outros que são utilizados para higienização do ambiente são registrados pela ANVISA – Ministério da Saúde e eficazes contra a COVID-19?
  8. A utilização dos produtos saneantes e outros está de acordo com as instruções e recomendações fornecidas pelo fabricante?
  9. Os produtos saneantes são identificados e guardados em local reservado para essa finalidade?
  10. Os utensílios e equipamentos utilizados na higienização são próprios para a atividade e estão conservados, limpos e disponíveis em número suficiente e guardados em local reservado para essa finalidade.
  11. Os funcionários responsáveis pela atividade de higienização das instalações utilizam uniformes apropriados.
  12. Há uma rotina de desinfecção minuciosa nos pontos de maior contato e circulação de colaboradores e clientes.
  13. O descarte dos resíduos sólidos segue as recomendações da legislação vigente acerca do tema.
  14. Os resíduos coletados são depositados em local isolado conforme a legislação vigente.
  15. Há cartazes no ambiente de trabalho informando a forma correta de higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel.
  16. Os colaboradores têm fácil acesso a locais para lavagem das mãos.
  17. Há disponibilidade de álcool em gel 70% para uso dos colaboradores.
  18. Os clientes têm fácil acesso a locais para lavagem das mãos ou passar álcool em gel nas mãos.
  19. Há disponibilidade de álcool em gel 70% na entrada e nos diferentes setores na loja para uso dos clientes.
  20. Os clientes higienizam as mãos ao entrar na empresa (com água e sabão ou álcool em gel 70%)?
  21. Os clientes higienizam as mãos ao sair da empresa (com água e sabão ou álcool em gel 70%)?
  22. Há cartazes informativos nos pontos de higienização das mãos sobre a forma correta para fazer essa higienização?
  23. Há cartazes informativos sobre a forma correta de higiene respiratória e conduta para prevenção de contaminação? (mascara)
  24. Há cartazes informativos espalhados pela empresa informando quais são os sintomas da COVID-19?
  25. Os colaboradores e clientes são orientados sobre as medidas de prevenção da transmissão da COVID-19 entre os próprios colaboradores, clientes e seus familiares?
  26. Os colaboradores com sintomas da COVID-19 são informados de que devem se afastar das atividades através de licença médica?
  27. Os colaboradores que apresentam sintomas da COVID-19 são afastados de suas atividades.
  28. A empresa possui um plano formal e estruturado de prevenção contra a COVID-19?
  29. A empresa possui estratégias para evitar aglomerações dentro do estabelecimento?
  30. A empresa possui estratégias para a proteção dos funcionários que trabalham no atendimento direto ao cliente?
  31. A loja possui um plano de contingência e continuidade das operações em caso de contaminação de colaborador por COVID-19?

Dúvidas comuns

Como deve ser feita a limpeza de superfícies para evitar o coronavírus (COVID-19)?

A limpeza de superfícies pode ser feita com água e sabão (qualquer sabão de uso comum, como detergentes), álcool a 70% ou hipoclorito (água sanitária) a
0,1%. Deve-se tomar cuidado com aspersão de água sanitária, que é tóxica para mucosas inclusive do trato respiratório. O ideal é que a limpeza seja feita com a máxima frequência possível, no mínimo uma vez ao dia, em qualquer período.

Open chat
Precisa de ajuda?